segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019


Bilhete na casa de uma suicida: "Vou andar até a ponte. Se alguém sorrir, não pulo."