sexta-feira, 20 de setembro de 2013

"O amor é uma carta, mais ou menos longa, escrita em papel velino, corte dourado, muito
cheiroso e catita; carta de parabéns quando se lê, carta de pêsames quando se acabou de ler. Tu
que chegaste ao fim, põe a epístola no fundo da gaveta, e não te lembres de ir ver se ela tem um
“post-scriptum”..."

Machado de Assis - A mão e a luva