terça-feira, 30 de julho de 2013

Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem.
Millôr Fernandes